Ser Pernambucano é.....


Falamos que o botão do som é pitôco;
Se for resto é cotôco;
Tudo que é bom é massa;
Tudo que é ruim é peba;
Rir dos outros é mangar;
Já faltar aula é gazear;
Colar na prova é filar;
Quem é franzino é xôxo;
O bobo se chama leso;
E o medroso se chama frouxo;
Tá com raiva é invocado;
Vai sair..diz "Vou chegar";
Sem dinheiro é liso;
A moça nova é boyzinha;
Pernilongo é muriçoca;
Quem entra sem licença emburaca;
Sinal de espanto é"vôte";
Quem tem sorte é cagado;
Pedaço de pedra é xêxo;
Quem não paga é xexêro;
Quem não cumpre o prometido é fulero;
Gente insistente é pegajosa;
Catinga de suor é inhaca;
Mancha de pancada é roncha;
Briga pequena é arenga;
Performance de palhaço é munganga;
Defender o frevo, mas não fazer um passo sequer(apenas "dançar com os dedos");
Amar as pontes do Recife sem conhecer o nome de nenhuma delas;
É valorizar a cultura popular;
Apreciar suas belas praias;
Ser muito sortudo por nascer numa terra linda como essa;
É ser cabra da PESTE!

Fonte: Comunidade do Orkut

3 comentários:

Dalva disse...

OI, Elaine!
Interesante texto!

Boa semana.

Bjs.

Ponte do Limoeiro
Princesa Isabel
Ponte Duarte Coelho
Maurício de Nassau
Buarque de Macedo
Ponte da Boa Vista
Ponte Velha
Ponte do Pina
Ponte Motocolombó
Ponte da Várzea
Ponte do Derby
Ponte da Torre
Ponte Giratória
Ponte Paulo Guerra

Como pernambucano ausente desde 1973, acredito não
ser tão ruim de memória. Rsrs.

Belo post, me trouxe gratas recordações.

Beijos e ótima semana pra ti e para os teus.

Furtado.

Nanda disse...

Massa! Superbonito, o texto!
Beijo e ótima semana...