Eu amo tudo o que foi


Eu amo tudo o que foi
Tudo o que já não é
A dor que já não me dói
A antiga e errônea fé
O ontem que a dor deixou
O que deixou alegria
Só porque foi, e voou
E hoje é já outro dia.

Fernando Pessoa

Fontes:

2 comentários:

eu simplesmente adoro Fernando Pessoa, poesia tão rara... um beijo.
divinaefeminina.blogspot.com

Maria Joaquina disse...

Ola Elaine,aprecio as poesias de Fernando Pessoa. Gosto de visitar seus blogs.Os contos são os preferidos.Abraços.