Pedido



Ontem no baile
Não me atendias!
Não me atendias,
Quando eu falava.

De mim bem longe
Teu pensamento!!
Teu pensamento,
Bem longe errava.

Eu vi teus olhos
Sobre outros olhos!
Sobre outros olhos,
Que eu odiava.

Tu lhe sorriste
Com tal sorriso!
Com tal sorriso,
Que apunhalava.

Tu lhe falaste
Com voz tão doce!
Com voz tão doce,
Que me matava.

Oh! não lhe fales,
Não lhe sorrias,
Se então só qu'rias
Exp'rimentar-me.

Oh! não lhe fales,
Não lhe sorrias,
Não lhe sorrias,
Que era matar-me.

Gonçalves Dias

Fontes:
www.algumapoesia.com.br
www.tinypic.com

1 comentários:

Debor@h disse...

Oi Elaine, quanto tempo... Desculpa o sumiço mas ando sem tempo mesmo. Espero que esteja se sentindo bem, vivendo a vida da melhor maneira possível, obrigada por seus comentários carinhosos de sempre. Beijos da amiga de longe. Deborah