Solidão



Sinto-me tão sozinha agora
Como se não houvesse mais nada,
Mais ninguém
Que pudesse me levantar
Me colocar de volta à vida
Me sinto bem pior do que estava
Como se não houvesse mais nada que me segurasse
Como se o abismo me chamasse com mais intensidade
Agora, vendo a escuridão da noite
Me dá uma sensação tão estranha
Somente a lua a me iluminar
Somente ela a me acompanhar
Me ouvir
Me entender
Meu amor acabou se afastando e a culpa é toda minha
Saber disso é uma lástima
Comigo agora, apenas a solidão
Devo me acostumar com isso
Sozinha nesse mundo inútil e incompreensível
Sem o amor que sempre tive,
E que joguei fora
Por pensamentos inúteis
Terrível saber que só agora fui me tocar
de que é você que eu quero
É de você que eu sinto falta todos os segundos
É a sua companhia que é tudo pra mim,
Nesse, e em todos os outros momentos de minha vida...


Marina Abrahão

1 comentários:

Poxa que lindo e ao mesmo tempo triste tudo isso ... eu gostei muito!!!
Os posts estão otimos elaine !! vou ler agora o dos Estados unidos!!


beijooooooooooooosss