Entender!



Não entendo. Isso é tão vasto que ultrapassa qualquer entender. Entender é sempre limitado. Mas não entender pode não ter fronteiras. Sinto que sou muito mais completa quando não entendo. Não entender, do modo como falo, é um dom. Não entender, mas não como um simples de espírito. O bom é ser inteligente e não entender. É uma benção estranha, como ter loucura sem ser doida. É um desinteresse manso, é uma doçura de burrice. Só que de vez em quando vem a inquietação: quero entender um pouco. Não demais: mas pelo menos entender que não entendo.

Clarice Lispector

3 comentários:

Pseudokane3 disse...

Clarice é linda demais...
Ela escreveu, eu gemo!
Entender é complicado e duro, mas SEMPRE vale a pena!

A imagem é do Salvador Dali? Tem traços...

WPC>

Elaine disse...

Olá!
Template novo, ficou lindo!
Combina co Clarisse.
Sabe que eu amo meu(nosso) nome mas se trocasse seria Clarisse.Por causa dela...
Fica com Deus

sorria, disse...

ohwohwoh
o template novo ficou D+
=D

UM super bju pra vc mãe virtual
=D

mtas SDDS de vc
mtas SDDs daqui

adorei o texto
;-)