Marley e Eu de Jonh Grogan



John e Jenny eram jovens, apaixonados e estavam começando a sua vida juntos, sem grandes preocupações, até ao momento em que levaram para casa Marley, "um bola de pêlo amarelo em forma de cachorro", que, rapidamente, se transformou num labrador enorme e encorpado de 43 quilos. Era um cão como não havia outro nas redondezas: arrombava portas, esgadanhava paredes, babava nas visitas, comia roupa do varal alheio e abocanhava tudo a que pudesse. De nada lhe valeram os tranqüilizantes receitados pelo veterinário, nem a "escola de boas maneiras", de onde, aliás, foi expulso. Mas, acima de tudo, Marley tinha um coração puro e a sua lealdade era incondicional. Recomendo este livro maravilhoso que vai te ensinar o que é familia, lealdade e amor incondicional. Imperdivel!!!

Fonte: Wikipédia

2 comentários:

Meryone disse...

nao conheço o livro, mas adoro labradores

adoro

eu teve um fox-terrier, mais semelhante com o seu do que um labrador (risos)

mas o meu pai já nao quere mais caes e os rapazes que moram comigo nao gostam, assi que temos a folerpa

que é quase melhor

e a george (e vinte plantas)

beijos

sorria, disse...

eu tive um labrador, incrivel
clerck era o nome dele, e qdo eu sai de casa devido a sepração ele tinha 5 meses, não sei o q foi, o veterinário falou algo sobre ele sentir minha falta, ele morreu depois de um mês q eu estava fora, fiquei mto abalado qdo soube, mas infelizmente qdo sai de minha casa, com um super quintal, fui morar num apartamento de 60m², seria impossivel mantê-lo lá, ele era jovem e hiperativo, mas até hj sinto falta dele... ainda terei outro...
elaine, adorei o spok, eles são incriveis... a simples alaegria de nos ver chegar em casa, é recompensador... q qto a seu peixe, me desculpa mas eu fui obrigado a rir com o fim tragico dele... rsrsrs

um grande bju pra vc..
imagino q já esteja se sentindo melhor

bju e se cuida