Vento


O vento agitando-se entre as árvores
Traz outras agitações dentro de mim... 
E eu, mergulho ventaniamente nas palavras. 
Palavras feitas no vento do meu espaço in (ex) terno, 
Vento macio, amando água, corpos e paixão! 
Vento suave de lirismos (in)contidos 
No peito do poema em gestação, 
Vento refeito em nuvens brancas, como o carinho de um bem querer! 
O vento ventando a vida 
Varrendo saudades noutras direções 
Vento vindo, voando, vago: vento... 


 Maria José Speglich 

5 comentários:

Luiza França disse...

suave, leve, breve... como o vento.

lindo!

Malu disse...

Eliana, saudades, mas...
Hoje estou passando apenas para lhe fazer um convite.
Estou falando do www.superlinks.blog.br que é um site agregador que vale a pena visitar, pois é mais um espaço no qual você poderá publicar seus links de matérias, pois é um site sério e com critérios bem positivos.
Espero que goste da dica.
Um grande abraço

Nanda disse...

Linda imagem, é de um pintor que amooo! As palavras tbm...
Elaine, vi que seus babies irão conhecer Paris e Londres, que maravilhaaa... eu fui no ano passado e ainda parece um sonho, boa viagem para lees!
Bjs.

Val disse...

que belo gif animado!

me lembrou as postagens de blog Anabel!

bjs amiga!

Rô... disse...

oi amiga,

que delicia de vento a ventilar a minha sala,
esvoaçando minhas cortinas,
e agitando sentimentos dentro de mim...

beijinhos