Hoje é Dia


O passado chegou de mansinho
e tentou aprisionar-me.
Dei-lhe uma rasteira de presente,
convoquei o coração ao futuro e
decidi :

ontem, lanterna apagada;
hoje, vida escancarada;
amanhã, se eu acordar...

Ó luz!
É hoje, é vida...

Rosângela Do Valle Dias

Fontes:
http://rosangelaecaminhosdeluz.blogspot.com/poema
http://gracieladacunha.blogspot.com/imagem

1 comentários:

Malu disse...

Temporalidade bem desenhada neste poema.
Gostei do jogo do tempo.
Abraço