Hoje me dei conta...


Hoje me dei conta de que as
pessoas vivem a esperar por algo.
E quando surge uma oportunidade
se dizem confusas e despreparadas.

Sentem que não merecem,
que o tempo certo ainda não chegou.
E a vida passa,
e os momentos se acumulam
como papéis sobre uma mesa.

Estamos nos preparando para qualquer coisa,
mas ainda não aprendemos a viver.
A arriscar por aquilo que queremos,
a sentir aquilo que sonhamos.
E assim adiamos nossas
vidas por tempo indeterminado.

Até que a vida se encarregue
de decidir por nós mesmos.
E percebemos o quanto perdemos
e o tanto que poderíamos ter evitado.

Como somos tolos em nossos
pensamentos limitados.
Em nossas emoções contidas,
em nossas ações determinadas.

O ser humano se prende em si mesmo.
Por medo e desconfiança.
Vive como coisa
num mundo de coisas.

O tempo esperado é o agora
sua consciência lhe direciona,
seus sentidos lhe alertam
e suas emoções não
mais são desprezadas.

Antes que tudo acabe
é preciso fazer iniciar,
mesmo com dor e sofrimento.
Antes arriscar do que apenas sonhar.

Cecília Meireles


Fontes:
http://www.pensador.info/texto
http://www.fotolog.com.br/pretty_runaway/imagem

3 comentários:

Zil Mar disse...

Oi....

Acho que não é só ler este lindo poema...é colocar em pratica....pq a vida não espera....

Parabéns pela escolha....parece que temos sentimentos mais ou menos parecidos....deixamos coisas pra fazer...e agora já foi...passou....

bjos!!!!!!

Zil

Cristina disse...

obrigada pela inspiração!
vou repostar no meu blog, pois esse poema é a transcrição do momento, ok?
se tiver algum problema, só avisar que eu tiro...

obrigada!!

Zil Mar disse...

Oi Elaine....

Passando pra lhe dizer que tem um selo pra vc no meu blog....está abaixo dos posts...(não sei se vc gosta)

bjos!

Zil