A difícil vida a dois!


Completei vinte anos de casada este ano, foram anos e anos de muito amor e cumplicidade. Casamento não é coisa fácil, conviver e amar alguém é difícil. Depois dos dois primeiros anos, que são pra Lua de Mel,  então passase a conhecerem-se de verdade . Vem a intimidade de dormir e acordar com a mesma pessoa. Precisa muita renuncia e aceitação e adaptação ao jeito um do outro. Mais o amor supera e você vive os dias como que sempre fosse ser assim ou da forma que você sonhou.  Quando precisa você sabe que pode contar, que esta ali para te ajudar e você para ajudá-lo. Vivemos viajando, indo aonde o tempo mandase, temos filhos, cuidamos deles, dividimos responsabilidades. Tudo anda certo e sem problema, pois não sou ciumenta e dou e quero liberdade para ir aonde quiser e fazer o  que quero.
Mais, depois que tive câncer tudo mudou em minha vida, até na minha vida conjugal. Nos últimos meses  tem piorado e acho as vezes que a falta de confiança em mim é a causa todo este estrago. Meus filhos adoram o pai, e ele é perfeito como tal. Fica difícil parar de brigar e tentar uma solução com a cabeça de dois adolescentes, que não aceitam uma separação. Não estou dizendo que seja a única saída para um casal, que vive há vinte anos casado. Mais quando se briga por causa de temperatura de ar condicionado, eu quero 24 graus e ele 17 graus, não estamos nos entendendo mais. Será que é minha culpa ou dele? Não sei responder e nem sei se quero resposta. Estou magoada e infeliz! Poderia ser melhor! Poderia ou deveria, nem sei dizer. Mais a vida me deve muito e eu quero minha parte, eu preciso ser FELIZ.

Elaine

2 comentários:

Este comentário foi removido pelo autor.

Nossa, Elaine, que texto forte!

Sinceramente comecei a ler e já pensava
em um comentário bem otimista pra você.
Já estava feliz ao ver suas linhas de
poeta contente.
Mas, no decorrer... nossa, que surpresa!
Eu sou muito nova, pouco posso escrever
em relação a isso... espero, sinceramente,
que tudo fique bem em qualquer que seja o final.

Desejo-te força, coragem, eqüilíbrio
e pense no que você mesma escreveu;
o amor supera tudo. =)
Tenha fé e vai superar uma crise,
acompanhada ou mesmo "só" ( nunca estamos sós,
Deus está conosco sempre ).

Abraços!