Injustiça em Nome de Deus!


Minha protegem de hoje não  é só contra a excomunhão dos médicos e da mãe de uma garota de nove anos que depois de ser abusada sexualmente pelo padrasto fez um aborto autorizado pela justiça, pois corria risco de vida. O Bispo de Olinda e Recife tomou esta posição baseado nas leis da igreja católica. Sou contra é lógico a opinião dele e não aceito a sua atitude baseada nas leis feitas pela Igreja. Mas o meu protesto não é só pela atitude tomada por Don José, mas também pelo fato de meu sobrinho um atuante membro da Igreja Católica seja destituído de todos os Ministérios em que participava e da igreja que frequenta por ser sincero com o pároco e depois de ser inquirido ter dado a sua opinião sobre o assunto. Disse ao padre que não concordava com Don José e que no caso da menina ele foi injusto com a família e os médicos excomungando ambos. Hoje minha pastagem questiona a FÉ e principalmente a Igreja como um todo e mostra que a FÉ estar no coração de cada um e não numa instituição chamada de Igreja Católica que Don José representa. Tenho conhecimento destes Dogmas e leis da Igreja porque venho de uma família católica praticante.Fui criada dentro da Igreja Católica e por não aceitar estes dogmas, me afastei e não frequento mais. E foram estes mesmos Dogmas que fizeram com que Ela cometesse todas as arbitrariedades na Idade Média e ter se calado durante a segunda guerra enquanto acontecia o Holocausto.

Também fui batizada, fiz primeira comunhão, crisma e casei na Igreja Católica! Além de toda a minha família se assídua frequentadora e participante da Igreja que meu sobrinho foi expulso. Mas estes Dogmas e Leis não me obrigam e nem a ele a concordar que uma criança de nove anos deve morrer depois de ser barbaramente violentada pelo padrasto.

 

Elaine

5 comentários:

Meryone disse...

se só fosse no nome de deus que sucedem as injustiças, elaine!

(por certo, a idade média era muito mais civilizada do que se pensa, digo-lhe eu... -risos-)

porque no referente à igreja é tao facil como descrer. descrer da igreja, nem é preciso descrer de deus (do que eu há muito tempo que descri)

e já me dirá por que alguém pensa ter potestade sobre as crenças religiosas doutra gente, como têm os bispos com a sua obsessao, em pleno século xxi por excomulgar à gente

...

ganas de sair a matar curas, tenho. e venho de um pais com tradiçao (risos)

beijos para você. e inferno no que eles crem para esses bispos

bruno disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
bruno disse...

Essas injustiças praticadas há séculos pela "Santa" Igreja, só reflete sua condição de instituição politiqueira, e sem conpromisso com as pessoas. Reflete amplamente toda a sua conduta fechada e autoritária. Não é de admirar que tenha matado, em outras, épocas em nome de Deus, fonte e fim de toda a vida. O que me admira como católico e como pessoa que sofreu com suas injustiças(... é sou o quase excomungado!)é o fato de a igreja não só não tomar uma posição acusadora e anti-humanista, como preferir uma atitude que leva mais para o conflito do que pra a compaixão que é o primeiro ato de amor. Nosso Senhor jesus Cristo com certeza não concordaria jamais com as atitudes tanto desse Arcebisco, como desse pároco medievalista e cruel, que com essas atitudes despersa ainda mais o rebanho da Igreja, por que o próprio Cristo nos ensinou que "não há mandamentomaior que este: Ama o teu próximo como a ti mesmo" e com certeza está vendo !!!!

Karin Juliana disse...

Olá!

Estou passando por aqui para dizer que agora meu endereço de blog é http://meschiensmavie.blogspot.com, tá?

Sou eu, Karin Juliana!

Muitos beijos!

Bertonie disse...

Triste isso!
A igreja católica as vezes se mostra muito hipócrita.
Como pode um aborto em uma criança que não tem estrutura fisica e emocional nenhum ser um pecado maior do que um estupro???
amagad...


beigos mil