Canção da Falsa Adormecida



Se te pareço ausente, não creias:
hora a hora meu amor agarra-se aos teus braços,
hora a hora meu desejo revolve estes escombros,
e escorrem dos meus olhos mais promessas.


não acredites neste breve sono;
não dês valor maior ao meu silêncio;
e se leres recados numa folha branca,
não creias também: é preciso encostar
teus lábios em meus lábios para ouvir.


nem acredites se pensas que te falo:
palavras
são meu jeito mais secreto de calar.

Lya Luft 

Fontes:

4 comentários:

Maria Tereza disse...

Amo a Lya e tenho praticamente todos os livros dela...fã mesmo. Ela é maravilhosa.

Beijo no seu coração e tenha um feriadão muito gostoso, de paz e amor.

Lindo,né?! Bjnhs

Às vezes a presença mental é mais valorosa do que a presença física. Belo poema amiga! Ótima escolha!

Beijos e muita saúde e paz pra ti e para os teus.

Furtado.

Lecy'ns disse...

Olá Elaine...

Passeando pelos blogs encontrei o teu, muito gostoso tudo por aqui,transparente e harmônico - Parabéns !
Grata pela fonte citada..
Querida Grande bj no teu coração
e excelente FDS!
Lecy'ns