Conveniência


Convém que o sonho tenha margens de nuvens rápidas
e os pássaros não se expliquem, e os velhos andem pelo sol,
e os amantes chorem, beijando-se, por algum infanticídio.

Convém tudo isso, e muito mais, muito mais...
E por esse motivo aqui vou, como os papéis abertos
que caem das janelas dos sobrados, tontamente...

Depois das ruas, e dos trens, e dos navios,
encontrarei casualmente a sala que afinal buscava,
e o meu retrato, na parede, olhará para os olhos que levo.

E encontrarei meu corpo nalguma cama dura e fria.
(Os grilos da infância estarão cantando dentro da erva...)
E eu pensarei: Que bom! Nem é preciso respirar!...

Cecília Meireles

Fontes:
http://www.geocities.ws/poema.
http://tinypic.com/imagem

3 comentários:

Boca da Noite disse...

Ontem recebi um convite pra sair pela noite de fortaleza de um querido amigo que quase imediatamente disse sim, logo que queria muito sair, logo que é ele uma companhia que me agrada, logo que ontem estava de folga, logo que queria vestir minha camisa nova de decote vê. Mas daí também logo após, lembrei que pela noite minha mãe se internaria num hospital para que de manhã fosse submetida a um procedimento cirúrgico.

Fiquei muito chateado, pois já tinha dado minha palavra como certa ao dito amigo, entretanto sabia que se eu fosse não me concentraria na noite.

Foi ai que fiquei amolecido e com febre, leve febre. Liguei novamente para lhe falar sobre minha impossibilidade, mas não tive coragem, afinal há tanto tempo que não nos via e seria perfeito se não fosse minha cabeça a mil. Estava muito preocupado mesmo, estava com a mente rondando. Foi então que mandei uma longa mensagem pelo celular explicando.

Eu pensei que para dormir teria de tomar algum comprimido, mas não precisou. Engraçado, eu não sabia que esse fato mexeria tanto comigo.

Desde ontem que oro ao Deus para que tudo ocorra com sucesso.

Por enquanto estou aqui com o mesmo peso na mente, pensei que fosse uma gripe ameaçando e comprei vitamina c. Tenho certeza que meu sistema imunológico baixou com o estresse. Sou frio como já me disseram algumas vezes e mesmo não lhe dizendo, amo minha mãe como nunca poderia amar. Afinal é ela meu grande exemplo de vida e mais, bem mais...


só queria desabafar

bom dia!

Rô... disse...

oi minha amiga,

convém que um sonho,
seja sempre sonho,
pois por si só já tem consigo
a magia infinita,
e a capacidade de misturar
realidade e fantasia...

beijinhos,
Elaine
espero que esteja bem,querida

Malu disse...

Passando para desejar um grande Dia das Mães!
Que o Domingo Nasça em FLOR...
Abraços