Chuva


O sol que hoje se esconde,

deixa aberta a porta da vida,

para que a chuva

chegue mansa, límpida

e leve em seu curso tranqüilo:

todas as mágoas empilhadas,

todas as desesperanças,

todos os sonhos não concretizados,

todas as dores da saudade e

todos os amores que feriram o coração.


Que a leveza da fina chuva,

que neste momento respinga na janela,

seja o presságio de um novo caminhar,

na estrada florida do amor,

da esperança e da verdade,

que nunca estiveram distante,

de quem tem

o bem na alma e no coração.


Que a esperança da vida,

se fortaleça,

no carinho dos que nos querem bem,

na solidariedade humana,

e no amor puro,

o maior de todos os sentimentos,

aquele que consegue remover

pedras de maldades, muralhas de intrigas

e vencer a batalha da vida.


Somente os que amam

com a pureza da alma,

entrelaçados no aconchego do coração,

conseguem os sonhos realizar e

a vislumbrar a esperança,

da vida a sorrir...


Autor Desconhecido

Fontes:

2 comentários:

Malu disse...

Hoje aqui chove e faz muito frio, mas sei que há um belo sol debaixo das nuvens.
Ele apenas decidiu não se levantar nesse dia...
Beijinhos, minha amiga...
Sempre haverá belas manhãs em todos os nossos dias!!! A escolha é somente nossa!!!

Rô... disse...

oi Elaine querida,


quero continuar amando com a pureza da alma,
para que os meus sonhos continuem
a poluir os meus pensamentos
e colorir meus dias...

obrigada por todo seu carinho
muitos beijinhos