Eu Sou...


Sou cheia de manias. Tenho carências insolúveis. Sou teimosa. Hipocondríaca. Raivosa, quando sinto-me atacada. Não como cebola. Só ando no banco da frente dos carros. Mas não imponho a minha pessoa a ninguém. Não imploro afeto. Não sou indiscreta nas minhas relações. Tenho poucos amigos, porque acho mais inteligente ser seletivo a respeito daqueles que você escolhe para contar os seus segredos. Então, se sou chata, não incomodo ninguém que não queira ser incomodado. Chateio só aqueles que não me acham uma chata, por isso me querem ao seu lado. Acho sim, que, às vezes, dou trabalho. Mas é como ter um Rolls Royce: se você não quiser ter que pagar o preço da manutenção, mude para um Passat.

Fernada Young

Fontes:
http://pensador.uol.com.br/texto
http://meninavoadora.blogspot.com/imagem.

1 comentários:

Quando ouço essa palavra Hipocondríaco, me lembro de Augusto dos Anjos. Mas já Fernanda Young nunca a li. Um amigo me disse que aritmética é o livro como também o último dela o Pau. Mas somos diferentes eu e Fernanda, pois ando no bando da frente, às vezes imploro afeto, sou discreto em minhas relações, no restante das frases somos iguais.