Eu Tenho Câncer de Mama!




Vou contar minha história, para que vocês passem a ficar alertas quanto a esta doença que acomete mulheres do mundo todo o Câncer de Mama. Minha mãe tem câncer de mama a 22 anos, e sobrevive até hoje. Muito feliz por sinal! Aprendi a conviver com a doença sem preconceitos, mas com medo. Não tenho a estrutura de minha mãe.. Sempre tive ao maior cuidado com meus exames preventivos e fazia todos eles de seis em seis meses. Pensava que se conseguisse um diagnóstico precoce não perderia a mama e ficaria só cuidando da doença. Eu pensava assim, mas a realidade da vida pega agente de surpresa!
Em Novembro de 2004,  fiz todos os exames preventivos e obtive resultados ótimos. Meu plano de saúde é um dos mais caros por e por isso tenho os melhores laboratórios e médicos! Além do mais meu irmão é médico, e me orienta em tudo!
Em Fevereiro de 2005 senti um nódulo, mas os médicos não se preocuparam,alegavam que os nodulos tinham caracteristicasde de benigno, fiz uma punção biopsia e retirei o nódulo e foi confirmado como sendo benigno. Mas a histopatologista resolveu insistir e mandar o exame para Portugal e São Paulo para poder fechar o resultado sem duvidas. O resultado demorou e em Junho de 2005  veio o resultado como CÂNCER.  Um tipo não muito agressivo mais de crescimento rápido. Eu estava com 47 anos casada e em plena atividade e com dois filhos.
Com o tempo perdido entre exames para fechar o diagnóstico, o tumor cresceu muito e tive que fazer uma mastectomia e reconstituir a mama com tecido do abdome. E não precisaria fazer mais nenhum tratamento nem quimioterápico e nem radioterapia.
Ma a minha história não foi com o final assim tão “fácil”. Junto com tudo isto e ao mesmo tempo meu pai teve uma recidiva de um câncer linfático e enquanto eu estava em um hospital, ele estava em outro morrendo aos poucos. Foi a pior fase da minha vida, porque eu não só estava perdendo um peito estava sim perdendo o homem mais maravilhosos do mundo e a minha única ancora na vida. Eu só não perdia estrutura porque ele me deu tudo que eu preciso para continuar vivendo.
Este mês eu tenho que fazer uma bateria de exames para checar o meu corpo e ver se não existe metástase em mim, e isto me deixa com a sensação ruim , é como viver tudo de novo! Por isto meus postes tristes que vem preocupando algumas amigas daqui do blog. E ainda mais passei a questionar minha religião e não mais me dedicar a nenhuma atividade religiosa.
 Eu fico triste em ficar lembrando de coisas que ele gostava e que eu amo que é o cinema. Não perdi parte de mim  mas também quem me ensinou tudo o que sei. Superei a pior fase da minha vida, a pior perda e conseguirei sobreviver a outras que vierem.
Agora queria que este relato servisse para que minhas amigas do blog ou qualquer outra pessoa que leia este texto de que a prevenção ainda é  a maior chance de controle desta doença que age sorrateiramente e nos tira quem amamos.  A prevenção do câncer de Mama ainda é a única chance de continuar vivendo quando  diagnosticado precocemente como foi o meu caso. Se não estaria aqui fazendo este relato. PREVINAM-SE!

Elaine Crespo

6 comentários:

Elaine disse...

Olá!
Querida, lamento muito!
Claro que eu pensava que era algo sério mas não supunha que fosse tão sério assim!
Lamento pelo seu pai, sei que é uma perda terrível, e lamento por tudo o que você vai recordar nestes dias.
Tem uma amiga que eu fiz, a Rô, que está vivendo a fase inicial de um câncer. Se você puder, entra no blog dela. É uma vovó incrível, com tanto amor, tanta fé, tanto a compartilhar!

www.bloggdaro.blogspot.com
E sobretudo conte com minhas preces e com meus ouvidos, se precisar. Sei que em momentos de dor e tristeza a nossa fé é seriamente abalada. Mas nenhuma de suas lágrimas são desprezadas pelo Senhor, bem ao contrário, Ele recolhe cada uma e sempre está olhando por você. Sei que às vezes parece que Deus nos esqueceu mas isso não é verdade!
E também Deus está cuidando de seu pai, lá onde ele está, pode ter certeza.
Fique com Deus, querida!

Val disse...

Elaine, fico na esperança que vc se recupere e siga com toda força, ao lado de seus filhos, familia e amigo!

Vc é uma lutadora! Bjus amiga, tudo de bom, e desculpé se nao sou tao bom com palavras...

um grande abraço!!

Anônimo disse...

Elaine querida.
Meu nome é Iara Augusto, moro em Natal no RN. Muito me tocou profundamente seu relato. entendo tudo isso que vc falou, pois só sabe da alfição de ser portador de Câncer que o tem. Lamento sobre seu pai...não podemos mudar o curso da vida, muitas vezes passamos por determinados momentos em nossas vidas que ficam registrados e marcados para sempre. Eu descobri o Cãncer de Mana aos 45 anos, fiz mastec radical, após 3 anos fiz a reconstrução do grande dorsal,ainda estou em prcoesso de reconstrução, tomo tamoxfeno já a três anos e meio, faço os exames de retona a cada seis meses. Em maio deste ano minha mamãe descobriu tb uma Câncer de mama,perdeu a mama, fez sessões que quimio e agora está entrando nas sessões das radio. Sei que isso não é consolo pra vc, mais querida devemos acreditar que Deus sabe de tudo e de todos, que ele sabe até onde podemos aguentar o fardo. Não perca a Fé, Deus é Maravilhos, é um Deus do Impossível.

Sinto pelos falsos amigos que a deixaram para traz, só descobrimos os verdadeiros amigos na hora em que necessitamos dele e somos socorridos, se eles não te deram a ajuda espiritual que vvc tante necessitou e necessita e porque são "Pobres de Espírito" Eles não podem lhe dá o que não tem...Saiba que nesses momentos tão difíceis que você atravessou e atravessa, são os momentos em que Deus está com vc nos braços.

Se quiser pode entrar nessa comunidade, será muito bem vinda, somos um grupo de auta ajuda.

http://www.orkut.com.br/Main#CommunityEdit?cmm=87355060

Anônimo disse...

ELAINE QUERIDA, PORFAVOR ENTRE NESTE LINK: WWW.EXTRATOGRAVIOLA.BLOGSPOT.COM
TODO MEU AMOR!

Viviane Lima disse...

O Elaine,

Sou estudante de jornalismo, moro em São Paulo, e estudo na Universidade de Santo Amaro. Estou fazendo um trabalho para conclusão de curso sobre pessoas que lidam com situações de vida e morte, a ideia é contar a história dessas pessoas e como elas lidam com essa situação. Gostaria de conversar com você.

Meu e-mail é vivilial1@gmail.com

Anônimo disse...

Olá... tenho 29 anos e descobri a pouco tempo um nódulo no seio esquerdo, ele tem 2.6 cm, o médico que fez o ultrasson achou suspeito, então agora farei uma punção biopsia para analisar direitinho, tento me manter despreocupada, mas tem horas que não consigo, ainda mais que sou diabética há 22 anos, então comigo, qualquer coisa é sempre mais complicada. Tenho fé, isso tenho bastante e pensamento positivo! E estou deixando este comentário pra te dizer que vc é muito corajosa,e se continuar lutando sem desanimar, vc vai vencer com certeza! Use a fé e o pensamento positivo que tudo dará certo! Estou torcendo por vc!! Um abração e tudo de bom!